quarta-feira, 29 de junho de 2011

Para Que Servem os Sonhos?

Outro dia sonhei com dinossauros. Eram muitos deles. O cenário era uma vale e os gigantes circulavam livremente nem se importando com a minha presença. Alguns menores – “meninos ainda” – se escondiam ao me ver. Confesso que acordei intrigado pois não me lembrava de por aqueles dias ter conversado ou lido algo sobre eles. Curioso, fui buscar respostas nos livros sobre interpretação de sonhos e nada encontrei que fizesse menção aos grandalhões. O mais próximo que encontrei foi sonhar com monstros mas, não achei justo entendê-los desta forma. Os dinossauros a despeito do tamanho e presumível brutalidade sempre nos pareceram extremamente dóceis. Ah, neste sonho tinham outros personagens que não vem ao caso citar até porque não merecem meu tempo a atenção. Em fim, continuei por alguns dias intrigado com o meu estranho sonho. Recuso-me a considerar as explicações dos cientistas sobre o tema. Viajam demais para o meu gosto. O que fazer então, esquecer? Lógico que não! Não afeito a deixar as coisas mal resolvidas. Se sonhei com dinossauros deveria haver uma explicação. Pesquisei, pesquisei e pesquisei nada encontrando que me satisfizesse. Resolvi então criar eu mesmo uma explicação. Então vamos lá: Como disse acima essas criaturas apesar de feias, grandalhonas assustadoras são na maioria das vezes muito queridas pela docilidade que transmitem. Então está explicado; este sonho foi para me ensinar que apesar da aparência, muitas vezes os nossos problemas não são tão graves como se apresentam e podem sim serem encarados de frente, com coragem e serem vencidos. Gostaram da minha “invenção” para explicar este sonho? Ótimo mas, eu não penso e nem enfrento meus problemas desta forma; não os agiganto mais do são e os encaro sempre com muita tranquilidade. Concluindo, este sonho não me disse nada mas, os dinossauros estavam lá. Agora vou pedir sua ajuda. Primeiramente você gostou da minha explicação para o sonho? Acha que tenho talento? Como você encara seus sonhos estranhos? Conta para os outros seus sonhos? A propósito conheço pessoas que somente contam os sonhos depois que tomam o café da manhã...antes dá azar! Afirmam. No inicio desta crônica eu estava inclinado a afirmar que sonhos não servem pra nada mas, agora depois de aproximadamente uns dez minutos escrevendo este texto posso rever meu conceito a afirmar categoricamente: Os sonhos estranhos servem como inspiração para você escrever uma pequena crônica e publicar no seu Blog. Bons sonhos a todos vocês!

Novos Tempos.

Está na moda então, eu também vou falar sobre este assunto...se tenho uma opinião formada? Não! Mas isso não importa muito pois o importante é "estar na moda". Na mídia este é o assunto do dia. Na política rende muitos votos e simpatia. Na religião ainda vai dar o que falar - até briga é possível. Nas filas do banco serve para passar o tempo. Na justiça ainda vai provocar algumas baixas. O assunto é tão promissor que já estão surgindo empresas de olho neste nicho de mercado. Uma amiga já desenhou e fabrica bonequinhos doces para bolos de casamentos Gays - dois homenzinhos ou duas noivas - à depender da situação. Passaria muito tempo descrevendo consequências do tema mas, o que acho relevante destacar é que mais uma vez não se tem limite para ganhar dinheiro e fama...mais uma vez assistimos uma avalanche de notícias e palavrórios sobre este assunto. Parece que agora todos somos simpatizantes desta causa ou pelo menos “entendidos” do assunto. Há quem esteja de cabelos em pé; escandalizados mesmos mas, isso não importa agora, o negócio é faturar enquanto há tempo e o “produto” seja vendável e atrativo. Então amigo vai aí uma dica; se você é criativo, tem aptidão e simpatiza-se com a causa, crie um “produto” e coloque no mercado. Ah, não se preocupe com pesquisas pois já está mais do que provado que o mercado é promissor pelo menos no momento até que surja outro mais relevante. Outra coisa, se você está preocupado com sua imagem, também não há motivo pois segundo as últimas pesquisas ninguém vai para o inferno por defender a causa gay. Se ainda assim você continua com receio, vale lembrar que já estão surgindo Igrejas direcionadas para a comunidade GLS. Agora o que ainda não está claro para mim é que teologia dará sustentação às novas práticas religiosas mas, como bom conhecedor da religião devo dizer que o melhor agora é esperar; cada coisa a seu tempo e o tempo agora é de faturar!

terça-feira, 28 de junho de 2011

A Memória do Povo

Fazer juízo sempre foi muito difícil. Nas sagradas escrituras aprendemos a evitar o juízo pelos riscos que representam. Não falo aqui dos riscos pessoais digo; de sermos julgados. Falo dos possíveis erros de juízo e suas consequências na vida dos outros. Dito isso, vamos ao que interessa. O sujeito ao que tudo indica tramou a morte da amante. Investiu na morte macabra da mãe do próprio filho. Causou a comoção de um pais inteiro. Preso, aguarda julgamento. O tempo passa e, haja tempo diga-se de passagem. Tempo é coisa estranha e difícil de entender. Às vezes ajuda às vezes atrapalha e outra vezes torna-se um desastre. Voltando a falar do tal sujeito, me vem uma questão ainda sem resposta. Será que o tempo vai ajudá-ló? A depender dos últimos acontecimentos; mais uma das trapalhadas das nossas autoridades ele vai se dar bem! Tentativa de extorsão engendrada por uma dupla de desastrados...que vergonha!!! Que coragem!
Seria tudo uma brilhante estratégia da defesa? Teria algum fundamento a acusação? E a opinião pública, o que pensa a respeito? Ah já sei, você irá dizer que o povo esquece. Povo sem memória esse povo brasileiro. Basta um assunto novo para apagar o assunto antigo e, se envolver uma " celebridade", melhor ainda. Na TV ao lado da atual namorada - corajosa - bem que tentou comover o povo. "Quero sair da cadeia pela porta da frente". No Brasil essa frase é não tem o efeito esperado por ele. Quantos traficantes não fizeram o mesmo - sair pela porta da frente? Certo amigo me disse quando falávamos sobre os bombeiros que o clamor popular pode fazer grande diferença mas em alguns casos isso é apenas meia-verdade. Oxalá as autoridades tenham o bom senso jurídico e não permitam que está morte acabe impune.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Criação & Física

Estou lendo o livro Criação Imperfeita de Marcelo Gleiser. Ainda não dá para se ter uma idéia de onde ele quer chegar. A proposta é discutir a criação do universo e suas implicações científicas, filosóficas e teológicas. As primeiras páginas estão prazerosas. Confesso que física não é uma paixão pra mim mas me interessei pelo livro pela proposta da discussão em si. Criação é algo que sempre me cativou. A teologia por si só não respondeu algumas questões e vale ler outras correntes de pensamento. Mais adiante divido com vocês minha avaliação do livro.

Poverello de Assis

Oração de são franscisco



Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz !Onde houver ódio, que eu leve o amor, Onde houver ofensa, que eu leve o perdão, Onde houver discórdia, que eu leve a união, Onde houver dúvidas, que eu leve a fé, Onde houver erro, que eu leve a verdade, Onde houver desespero, que eu leve a esperançaOnde houver tristeza, que eu leve a alegria, Onde houver trevas, que eu leve a luz. Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, Pois é dando que se recebe é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a VIDA ETERNA !


Esta oração foi feita após o pedido de clemência do papa Inocêncio III "arrependido" pelas cruzadas e muito enfermo. Francisco, duvidando de seu arrependimento, fora chamado a atenção pelo Pai pedindo piedade ao agonizante. São Francisco atendeu o pedido, admitindo humildemente sua ignorância.

Às vezes nos limitamos a reclamar da vida - vejam um exemplo de superação.

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget