quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Na era dos pecados, quem se lembra das virtudes?

Desde que o mundo é mundo impera o pecado no seio da humanidade. Mas não podemos deixar de concordar que hoje, mais do que nunca ele - o pecado - está na moda!. Mas aafinal, sabemos mesmo porque o pecado é pecado? Ou pelo menos porque alguma atitudes diante da vida são nomeadas de pecado? De fato poucos de nós paramos algum dia para pensar nisto e sua implicação em nossa vidas; se é que tem alguma implicação. Há os que não crêem e por conseguinte não reconhecem os ditos pecados. Em contra partida, existem os que crêem demais e vivem reféns dos pecados. Então amigos, como diz a velha e sábia crença popular; Nem tudo mas nem tão pouco! Gostaria de refletir com vocês um pouco sobre este tema. Nos próximos textos que colocarei neste blog vamos caminhar um pouco neste campo minado das incompreensões e crendices sobre o mal do século. Logo nos primeiros textos vamos iniciar falando das virtudes pois creio ser este o melhor caminho. Espero a participação de todos os amigos. Até lá!

sábado, 28 de julho de 2007

SAQUAREMA - MELHOR LUGAR PARA SE VIVER!

Na foto da esquerda, vemos nosso cantinho em Bacaxá. Logo abaixo, temos uma vista aérea mostrando a praia da vila, a igreja Nossa Senhora de Nazareth e a praia de Itaúna ao fundo.Se algum dia você estiver na região dos Lagos, apareça para tomar uma Skol gelada...ah! Não se esqueça de levar a Skol; o gelo é por nossa conta!

quarta-feira, 18 de julho de 2007

Mais um desastre aéreo...

Não podemos deixar de lamentar mais este desastre aéreo ocorrido em Sampa. Nos resta rezar pedindo a Deus muito conforto aos parentes das vítimas desta tragédia. No meio de tanto falatório sobre as possíveis causas deste acidente fica a pergunta que sempre nos acomete diante da "irmã morte" como dizia o Poverello de Assis. Porque o "fulano de tal" embarcou e não o sicrano? Porque alguns são "desviados" no último momento para não serem mais uma vítima desses tipos de desastres? De fato temos que nos curvar diante do mistério da vida humana e da sua inevitável consequência que é a morte! Queira Deus que um dia nos seja dado a conhecer ainda que de forma indelével , as razões para a brevidade de vida de alguns e a longevidade de outros tantos. O que fica patente diante deste infortúnio é que às vezes não nos é dado a possibilidade de escolha. Lembro-me do grande jornalista Sergio Cabral quando diz : " A morte é a mais anti-democrática criatura que conheço!".

domingo, 15 de julho de 2007

Que chorem los hermanos Argentinos...

Não sou um alienado por futebol mas não dá para deixar passar em branco a alegria de ver a nossa seleção humilhar a seleção argentina. Somente assim podemos aplacar a arrogância dos "londrinos" de lingua latina.

E viva o "Pan do Brasil"!

Achei hilário quando vi na mídia o pobre do solzinho do Pan enforcado pelo movimento do camelôs do Rio de Janeiro. É bem verdade que esses movimentos sempre são movidos por certo exagero; mas dá pensar um pouco neste protesto. Quanto está custando aos já exauridos cofres públicos a organização desses jogos. Imaginem todo esse dinheiro aplicado em projetos de edução por exemplo? É bem verdade que um evento desta magnitude induz os nossos jovens e adolescentes a se imaginagem enquanto atletas - sobretudo pelo glamur e pela fama. O esporte, bem conduzido pode verdadeiramente ser motivo de salvação para muitos brasileirinhos e brasileirinhas hoje sem futuro - entregues mesmos à própria sorte? Enfim, vamos aguardar e ver o que sobrará para o povo depois de tanta alegria.

Poverello de Assis

Oração de são franscisco



Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz !Onde houver ódio, que eu leve o amor, Onde houver ofensa, que eu leve o perdão, Onde houver discórdia, que eu leve a união, Onde houver dúvidas, que eu leve a fé, Onde houver erro, que eu leve a verdade, Onde houver desespero, que eu leve a esperançaOnde houver tristeza, que eu leve a alegria, Onde houver trevas, que eu leve a luz. Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, Pois é dando que se recebe é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a VIDA ETERNA !


Esta oração foi feita após o pedido de clemência do papa Inocêncio III "arrependido" pelas cruzadas e muito enfermo. Francisco, duvidando de seu arrependimento, fora chamado a atenção pelo Pai pedindo piedade ao agonizante. São Francisco atendeu o pedido, admitindo humildemente sua ignorância.

Às vezes nos limitamos a reclamar da vida - vejam um exemplo de superação.

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget