quarta-feira, 29 de junho de 2011

Novos Tempos.

Está na moda então, eu também vou falar sobre este assunto...se tenho uma opinião formada? Não! Mas isso não importa muito pois o importante é "estar na moda". Na mídia este é o assunto do dia. Na política rende muitos votos e simpatia. Na religião ainda vai dar o que falar - até briga é possível. Nas filas do banco serve para passar o tempo. Na justiça ainda vai provocar algumas baixas. O assunto é tão promissor que já estão surgindo empresas de olho neste nicho de mercado. Uma amiga já desenhou e fabrica bonequinhos doces para bolos de casamentos Gays - dois homenzinhos ou duas noivas - à depender da situação. Passaria muito tempo descrevendo consequências do tema mas, o que acho relevante destacar é que mais uma vez não se tem limite para ganhar dinheiro e fama...mais uma vez assistimos uma avalanche de notícias e palavrórios sobre este assunto. Parece que agora todos somos simpatizantes desta causa ou pelo menos “entendidos” do assunto. Há quem esteja de cabelos em pé; escandalizados mesmos mas, isso não importa agora, o negócio é faturar enquanto há tempo e o “produto” seja vendável e atrativo. Então amigo vai aí uma dica; se você é criativo, tem aptidão e simpatiza-se com a causa, crie um “produto” e coloque no mercado. Ah, não se preocupe com pesquisas pois já está mais do que provado que o mercado é promissor pelo menos no momento até que surja outro mais relevante. Outra coisa, se você está preocupado com sua imagem, também não há motivo pois segundo as últimas pesquisas ninguém vai para o inferno por defender a causa gay. Se ainda assim você continua com receio, vale lembrar que já estão surgindo Igrejas direcionadas para a comunidade GLS. Agora o que ainda não está claro para mim é que teologia dará sustentação às novas práticas religiosas mas, como bom conhecedor da religião devo dizer que o melhor agora é esperar; cada coisa a seu tempo e o tempo agora é de faturar!

Nenhum comentário:

Poverello de Assis

Oração de são franscisco



Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz !Onde houver ódio, que eu leve o amor, Onde houver ofensa, que eu leve o perdão, Onde houver discórdia, que eu leve a união, Onde houver dúvidas, que eu leve a fé, Onde houver erro, que eu leve a verdade, Onde houver desespero, que eu leve a esperançaOnde houver tristeza, que eu leve a alegria, Onde houver trevas, que eu leve a luz. Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, Pois é dando que se recebe é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a VIDA ETERNA !


Esta oração foi feita após o pedido de clemência do papa Inocêncio III "arrependido" pelas cruzadas e muito enfermo. Francisco, duvidando de seu arrependimento, fora chamado a atenção pelo Pai pedindo piedade ao agonizante. São Francisco atendeu o pedido, admitindo humildemente sua ignorância.

Às vezes nos limitamos a reclamar da vida - vejam um exemplo de superação.

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget