quinta-feira, 8 de maio de 2008

E o Mengão perdeu no maráca...dá para pensar!

Então amigos, sempre que nos vemos diante de resultados inesperados no futebol, somos levados a pensar e não seria de se estranhar se levantarmos questões já nossas conhecidas - do nosso cotidiano - perdeu; porque perdeu se estava tão bem? Será que perdeu mesmo ou será que quando ganhou, ganhou mesmo? Complicado não é? Também acho mas vou explicar: Todo mundo ficou sabendo que o patrocinador do Flamengo mandou fazer as camisetas alusivas a vitória mesmo antes de ser um fato. Sabemos também que cada camiseta desta custa no mínimo R$80,00. Dizem até que que causou desconforto para os rubros-negros. Tenho lá minhas dúvidas. Desde que nossos times se tornaram reféns dos grandes grupos multinacionais e até mesmo nacionais, tudo pode acontecer - tudo mesmo! Quem assistiu o jogo do dia 07 de maio duvidaria que aquele mesmo time ganhou o campeonato carioca três dias antes. E era o mesmo time, todos viram! Inclusive o técnico ainda era o mesmo. Até que ponto o dinheiro pode interferir nos resultados em campo? Bem, acho melhor para por aqui - até porque tenho certo juízo... Mas o que vale ressaltar aqui é a alegria que esta última derrota trouxe para os demais torcedores do Rio de Janeiro - inclusive eu que sou Tricolor! Oxalá possamos ter muitas alegrias como esta e pelo que se ouve por aí, o tal de Caio Junior não fazer muito num time com a visibilidade e a torcida que tem o Flamengo. Vamos esperar!!!

Nenhum comentário:

Poverello de Assis

Oração de são franscisco



Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz !Onde houver ódio, que eu leve o amor, Onde houver ofensa, que eu leve o perdão, Onde houver discórdia, que eu leve a união, Onde houver dúvidas, que eu leve a fé, Onde houver erro, que eu leve a verdade, Onde houver desespero, que eu leve a esperançaOnde houver tristeza, que eu leve a alegria, Onde houver trevas, que eu leve a luz. Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, Pois é dando que se recebe é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a VIDA ETERNA !


Esta oração foi feita após o pedido de clemência do papa Inocêncio III "arrependido" pelas cruzadas e muito enfermo. Francisco, duvidando de seu arrependimento, fora chamado a atenção pelo Pai pedindo piedade ao agonizante. São Francisco atendeu o pedido, admitindo humildemente sua ignorância.

Às vezes nos limitamos a reclamar da vida - vejam um exemplo de superação.

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget