segunda-feira, 2 de junho de 2014

Jornada de Leitura - 2014

Este ano me organizei e voltei a ler. Isso mesmo, para se ler quase compulsivamente como gosto é preciso se organizar ( priorizar ). À noite, na hora das novelas me dedico à leitura - acordo firmado entre eu e minha mulher - sem crise! Atenção a Ela será sempre prioridade em minha vida. Se porventura Ela não se ocupa com as novelas os meus livros ficam de lado - simples assim! O tempo bem administrado sempre rende. Tempo para trabalhar, tempo para correr diariamente, tempo para dar atenção aos meus e tempo para ler...úfa! Dormir é para o fracos, rsrsrs; mas é importante também. Neste momento estou de férias por 20 dias. Mais tempo para leitura e até para voltar aqui e escrever um pouquinho - SAUDADES.  Escrever é outra paixão que ficará para mais tarde. O que tenho lido? Ficção, romances, história...tudo muito dosado. Este ano já se foram dez livros.
 
Uma Curva na Estrada -  Nicholas Sparks
A Arte de Ler - Émile Faguet
Religião para Ateus - Alain de Botton
Destrua este Livro - Keri Smith
Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley
Sonho Grande - Cristiane Correa
O Que Se Passa na Cabeça dos Cachorros - Malcolm Gladwell
A Culpa é das Estrelas - John Green
Perdas e Ganhos - Lya Luft
Nas Asas de Um Sonho - Roberto Vascon por Elias Awad
 
Destaque para:
A Culpa é das Estrelas, Perdas e Ganhos e Nas Asas de Um Sonho

Não recomendo:
O Que Se Passa na Cabeça dos Cachorros
 
Os próximos livros já estão escolhidos - 16 títulos para os próximos meses. Oxalá eu fosse de fato um bom administrador do tempo para poder  partilhar com vocês alguns detalhes desta aventura literária, mas ainda não é possível.
Por ora é o que temos.
Abraço.

Nenhum comentário:

Poverello de Assis

Oração de são franscisco



Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz !Onde houver ódio, que eu leve o amor, Onde houver ofensa, que eu leve o perdão, Onde houver discórdia, que eu leve a união, Onde houver dúvidas, que eu leve a fé, Onde houver erro, que eu leve a verdade, Onde houver desespero, que eu leve a esperançaOnde houver tristeza, que eu leve a alegria, Onde houver trevas, que eu leve a luz. Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, Pois é dando que se recebe é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a VIDA ETERNA !


Esta oração foi feita após o pedido de clemência do papa Inocêncio III "arrependido" pelas cruzadas e muito enfermo. Francisco, duvidando de seu arrependimento, fora chamado a atenção pelo Pai pedindo piedade ao agonizante. São Francisco atendeu o pedido, admitindo humildemente sua ignorância.

Às vezes nos limitamos a reclamar da vida - vejam um exemplo de superação.

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget