segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Hoje tem brincadeiras criançada???

Aí está o resultado, confirmou-se à votação expressiva anunciada ao comediante Tiririca. Do outro lado alguns políticos tradicionais comemoram os números nas urnas. O TRE SP no seu papel institucional não se pronuncia e se limita somente a divulgar os números. Muito cômodo, diga-se de passagem! Nós cariocas que com a nossa tradicional irreverência e pouco gosto pela política em geral assistimos os noticiários cômicos dando a notícia – ainda não ouvi o Zé Simão e o Boechat, mas por certo vão se divertir e bastante. Brincadeira à parte, cabe uma reflexão sobre este episódio. Muitos estão dizendo: é uma forma de protesto, já que está uma bagunça vamos ajudar colocando lá mais um palhaço – e profissional; melhor do que anular o voto e assim por diante...Ah ia me esquecendo ainda tem a questão do suposto analfabetismo do comediante. Na verdade isso não importa muito; São Paulo terá o representante que merece. Alias um Estado que insiste em votar maciçamente no Maluf – 495 mil votos vai de fato na contramão da história política do país e só temos a lamentar. Meus amigos paulista que desculpem, mas essa vocês vão ficar devendo – um grande mico!
Um grande comentarista político disse hoje pela manhã que uma explicação para esta votação do Tiririca pode ser o grande número de nordestino residente em São Paulo. Sinceramente não creio. Quando votaram no Lula tinham um verdadeiro anseio por mudanças estruturas neste país e elas de fato ocorreram de certa forma, mas daí a votar neste sujeito que debocha do eleitor e da própria instituição não dá para aceitar. Enfim, só nos resta esperar e ver no que dará isso tudo e que os deuses da democracia nos protejam.

Nenhum comentário:

Poverello de Assis

Oração de são franscisco



Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz !Onde houver ódio, que eu leve o amor, Onde houver ofensa, que eu leve o perdão, Onde houver discórdia, que eu leve a união, Onde houver dúvidas, que eu leve a fé, Onde houver erro, que eu leve a verdade, Onde houver desespero, que eu leve a esperançaOnde houver tristeza, que eu leve a alegria, Onde houver trevas, que eu leve a luz. Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, Pois é dando que se recebe é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a VIDA ETERNA !


Esta oração foi feita após o pedido de clemência do papa Inocêncio III "arrependido" pelas cruzadas e muito enfermo. Francisco, duvidando de seu arrependimento, fora chamado a atenção pelo Pai pedindo piedade ao agonizante. São Francisco atendeu o pedido, admitindo humildemente sua ignorância.

Às vezes nos limitamos a reclamar da vida - vejam um exemplo de superação.

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget